As melhores atrações turísticas de Sydney são o complemento perfeito para qualquer itinerário na Austrália

As atrações turísticas de Sydney são muito dignas de atenção, e vale a pena se comprometer com elas.

sydney, austrália aérea ao pôr do sol

Sydney tem tudo quando se trata de cidades. Suas classificações de segurança, limpeza e comunidade amigável são atributos bem-vindos que fazem os viajantes se sentirem como se tivessem chegado a um lar longe de casa. Embora todas essas sejam características vencedoras que toda cidade deveria ter, Sydney oferece muito mais do que apenas isso – suas principais atrações turísticas são o que torna a exploração desta cidade tão divertida.

Da história encontrada na Ópera de Sydney às atrações com vista para um dos mais belos portos do mundo, um viajante nunca terá um dia entediante nesta cidade. Podem ser as coisas menos exploradas que oferecem uma nova visão de uma cidade antiga, mas em Sydney, são as partes mais amadas que a tornam tão digna de férias.

Passe algum tempo com a vida selvagem da Austrália no zoológico de Taronga

Dirija-se ao bairro de Mosman para ver de perto alguns dos animais selvagens mais preciosos que chamam de lar de Sydney. Este zoológico tem espécies locais, bem como de todo o mundo, tornando-se um destino intrigante para qualquer amante dos animais. Os hóspedes podem visitar cada exposição e aprender sobre as espécies nativas deste belo país, enquanto também aprendem sobre as espécies de animais que vêm ao Zoológico de Taronga por vários motivos.

As exposições não são a única coisa que mantém os visitantes voltando uma e outra vez, no entanto. Taronga oferece experiências especiais como o Roar and Snore, que permite aos hóspedes passar a noite no zoológico para observar os hábitos noturnos naturais de algumas de suas espécies animais. Os hóspedes também aprenderão sobre a vida aborígine por meio do passeio Nura Diya, que apresenta guias qualificados que ficarão felizes em responder a perguntas e compartilhar o que sabem.

Absorva a flora e a fauna no Royal Botanical Gardens

O melhor do Royal Botanical Gardens é que eles têm vista para o porto de Sydney, que, qualquer um que tenha visto fotos, pode atestar que é absolutamente deslumbrante. Se você planejar sua visita corretamente, poderá ter a chance de assistir ao pôr do sol sobre o porto, que é outra vista verdadeiramente incrível. Dentro dos jardins, porém, os hóspedes serão presenteados com um tipo diferente de beleza – uma que é reforçada por mais de 7.000 tipos de plantas.

Embora a maioria seja nativa da flora australiana, existem algumas espécies mais tropicais que são raras na área. Todo o jardim é gratuito para visitar, e os hóspedes podem optar por uma visita autoguiada se quiserem passar algumas horas caminhando e vendo cada exposição. Visitas guiadas também estão disponíveis, e também são gratuitas – por isso não custa nada aproveitar as duas.

Admire uma vista panorâmica da cidade a partir da Torre de Sydney

Não surpreendentemente, a Sydney Tower é o edifício mais alto da cidade. Do topo, fica a uma altura de 1.073 pés, o que, como se pode imaginar, oferece belas vistas estelares da paisagem urbana circundante. E, se você está se perguntando como chegar ao topo, a resposta é simples: um elevador.

Os visitantes da Torre de Sydney podem pegar o elevador até o topo, conhecido como Sydney Tower Eye. O topo da torre é composto por uma plataforma de observação redonda que é totalmente fechada e permite que os visitantes caminhem ao seu redor, fazendo um círculo completo até o ponto de partida. Qualquer um que tenha medo de altura provavelmente esquecerá esse fato assim que se aproximar das janelas da torre, que oferecem uma visão panorâmica de 360 ​​graus da cidade e do porto abaixo, até onde a vista alcança. Para quem deseja ficar um pouco mais na torre, pode escolher entre três restaurantes dentro dela.

Visite a joia do porto, a Ópera de Sydney

Claro, nenhuma excursão a Sydney está completa sem a Sydney Opera House. Este é o marco mais icônico de toda a cidade e também é a primeira coisa em que as pessoas pensam quando imaginam Sydney. De sua localização, oferece vistas do porto e do Royal Botanical Gardens, e isso tudo antes mesmo de os hóspedes experimentarem o que os espera lá dentro.

A arquitetura da Opera House remonta ao século 20, quando foi projetada por um arquiteto chamado Jørn Utzon. A ideia era criar um teatro que tivesse a aparência de um navio à vela, o que foi realizado com telhados curvos que lembram velas ondulando ao vento. Estar na presença da Opera House e fazer uma turnê ou assistir a um concerto em seus salões sagrados é realmente especial.