Esta cidade italiana medieval também abriga um dos sumidouros mais exclusivos do mundo

Este sumidouro vem com uma lenda única e tanto a abertura no solo quanto a trilha que leva a ele são bastante fascinantes.

sumidouro em revotano, Itália

Um sumidouro não é exatamente algo que uma pessoa planejaria (ou deveria) planejar uma viagem, mas no caso de Roccantica, na Itália. Situada quase exatamente no centro da bota da Itália, esta pequena cidade tem uma história que remonta aos tempos medievais. No entanto, essa não é a única coisa que o torna tão atraente para os viajantes – é também o lar de um enorme sumidouro, com uma lenda particularmente interessante que se segue.

A cidade de Roccantica é cercada por bosques de florestas exuberantes, com montanhas a leste e vales a oeste. Sua localização central a torna propensa a fenômenos geológicos inusitados, e por isso ganhou a fama de abrigar uma das dolinas mais camufladas – e intrigantes – da região.

O sumidouro conhecido como U’revotano

Cientificamente, sabe-se que esta parte da Itália Central é propensa a dolina, o que basicamente significa que o processo de erosão pode levar ao colapso do solo. Isso é verdade para os ‘telhados’ de calcário encontrados na área, sob os quais se encontram cavernas subterrâneas. Em suma, tornam-se sumidouros, com o solo cedendo sem qualquer aviso ou sinalização de alerta. Embora os fenômenos possam ser explicados por causa e efeito científicos, isso não impediu a região de transmitir uma lenda que parece explicar o que causou o sumidouro conhecido como U’revotano, especificamente.

Aqueles que visitam esta cidade montanhosa provavelmente ouvirão falar da lenda se planejarem fazer caminhadas pelas ravinas do sumidouro. Reza a história que em tempos existiu uma aldeia que foi construída em cima do local onde hoje se encontra a dolina, conhecida como Revotano (daí o nome da dolina que se seguiu). Nesta aldeia viviam moradores considerados ‘perversos’ e ‘blasfemos’ e um deles tinha esposa. Foi ela quem desceu ao riacho para lavar roupa um dia quando ouviu uma voz vinda da água. A voz afirmava estar entregando uma mensagem de origem divina e alertava sobre uma ira inacreditável que logo seria desencadeada.

Mal sabiam os moradores que seria na forma do sumidouro do Revotano. O evento começou com um terremoto; a voz avisou a mulher para correr e então ela pegou seu filho, e eles fugiram. Diz-se que a mesma mulher sobreviveu e fundou uma vila com o nome de Roccantica – a cidade que fica perto do mesmo local até hoje.

Detalhes deste maciço sumidouro

À primeira vista, o sumidouro é quase difícil de decifrar pelas florestas circundantes e pela vida vegetal que cresceu dentro e ao redor de suas paredes. No entanto, é enorme em tamanho e abrange um total de 820 pés de diâmetro. Este sumidouro é resultado do colapso das paredes e abóbada da formação de calcário que outrora se elevava sobre ele, e pode-se imaginar que, quando aconteceu, o evento foi bastante assustador. Desde então, a vegetação tomou conta do sumidouro e os caminhantes devem ter cuidado por onde andam, mas a área, por enquanto, já viu a maior parte de seu terreno afundado. O que resta da ‘terra vermelha’ e das rochas desmoronadas pode ser visto ao longo das bordas do sumidouro.

Este também não é o único buraco na área. Outro com o nome de Catino fica perto da cidade de Poggio Cantino, que recebeu o nome do sumidouro do qual tem vista. Portanto, a região não é estranha a eventos geológicos de proporções gigantescas, o que torna uma caminhada única para os interessados ​​em ver mais.

Caminhando pelo Sinkhole perto de Roccantica

Chegar ao sumidouro é surpreendentemente fácil e uma trilha pode ser encontrada na base da montanha na Igreja de San Valentino. A pista de caminhada possui um marcador de trilha, por isso é fácil de encontrar, mesmo para quem nunca visitou a área antes.

Para aqueles que pedem informações, o sumidouro na Itália é conhecido como ‘Abisso del Revotano’. Na caminhada, os visitantes podem ver fazendas abandonadas, os arredores de Sabina Hills e uma paisagem de conto de fadas coberta por uma vegetação luxuriante e plantas.

  • Comprimento Total da Caminhada: ~ 2,2 milhas
  • Pontos de interesse notáveis: Os caminhantes passarão pela Ermida de San Leonardo, ruínas de um antigo moinho, e chegarão a um mirante que lhes dará uma visão do sumidouro abaixo.
  • Os caminhantes devem ter cuidado onde pisam; embora o sumidouro já tenha afundado, a região ainda é propensa a atividade terrestre.