Exame psicológico para concursos da polícia: como funciona?

Saiba como é o procedimento para a realização do exame psicológico para concursos da polícia.

Além de ser aprovado na prova teórica de um concurso público, o participante também precisa passar pelo exame psicológico, que compõe uma das fases do certame. No caso do concurso PC PA, que está em andamento, a primeira etapa do certame foi concluída.

Muitos participantes ficam tensos antes de realizar o exame psicológico, o que é totalmente compreensível, visto que não há materiais didáticos para estudar ou provas anteriores para usar de apoio. Caso você tenha essa preocupação, tente ficar tranquilo. Neste artigo, abordamos pontos importantes que certamente ajudarão você a preparar melhor o seu psicológico para passar por esse teste.

O que é o exame psicológico?

Trata-se de uma metodologia científica utilizada para reconhecer aspectos psicológicos e particularidades de um indivíduo. Até 2010, essa etapa dos concursos públicos era conhecida como exame psicotécnico. Desde então, passou a ser chamada de avaliação ou exame psicológico.

Por que o exame psicológico faz parte dos concursos da polícia?

O exame psicológico tem como objetivo principal explorar o estado mental dos candidatos para identificar e reprovar aqueles que tenham atributos psicológicos de personalidade incompatíveis com o desempenho de determinadas funções. E, após algumas discussões no âmbito judicial, a aplicação do teste psicológico foi considerada bastante útil para aqueles que desejam seguir a carreira de policial.

Porém, há algumas condições que devem ser observadas, como a aplicação do exame constar no edital do processo seletivo e ser efetuada de maneira coerente, de acordo com as atividades oriundas do cargo. A avaliação psicológica também deve apresentar parâmetros claros e objetivos cientificamente fundamentados. Vale ressaltar que candidatos reprovados podem contestar o resultado por meio de um recurso administrativo.

Como é feito o exame psicológico?

Exame psicológico para concursos da polícia: como funciona? 1
Exame psicológico para concursos da polícia: como funciona? 2

O exame psicológico pode ser feito por meio de uma entrevista ou teste (a depender do concurso), em que o examinador analisa a preparação mental dos candidatos para situações como: solução de conflitos, envolvimento em situações de enfrentamento e uso de armas de fogo. Normalmente, as condições analisadas no parecer para carreiras policiais são:

Características essenciais para a aprovação

  • Atenção difusa;
  • capacidade de acatar regras e normas;
  • apresentação pessoal;
  • controle emocional;
  • capacidade de adaptação;
  • dedicação;
  • bom senso;
  • discernimento;
  • honestidade;
  • disciplina;
  • prudência;
  • imparcialidade;
  • rapidez de ação e reação;
  • responsabilidade;
  • fluência oral;
  • inteligência (raciocínio dedutivo/indutivo);
  • raciocínio verbal;
  • persuasão.

Características importantes para a aprovação

  • Capacidade de observação;
  • atenção concentrada;
  • educação;
  • dinamismo;
  • iniciativa;
  • memória fisionômica;
  • autoridade/energia;
  • organização;
  • memória visual;
  • resistência à sociabilidade e frustração;
  • percepção.

Características que impedem o exercício da função

  • Qualquer tipo de psicopatologia;
  • vícios (drogas, álcool, jogos, entre outros);
  • agressividade autodirigida;
  • heteroagressividade exagerada;
  • fanatismo religioso;
  • fanatismo ideológico;
  • emotividade acentuada;
  • impulsividade exagerada;
  • estrutura de personalidade frágil;
  • sensibilidade acentuada.

Diante disso, pode-se dizer que os candidatos aprovados no exame psicológico são aqueles que apresentam um maior equilíbrio emocional, uma vez que portarão armas de fogo e tratarão diretamente com cidadãos alterados em certas ocasiões.

Por outro lado, alguns candidatos se mostram surpresos com as perguntas que são feitas sobre seus comportamentos, o que levanta a hipótese de que possivelmente não saberão lidar com possíveis situações que podem acontecer no cotidiano de um policial.

Também há candidatos que entendem o exame como uma espécie de sessão de terapia e revelam informações que não são relevantes, sendo eliminados pelos profissionais credenciados no Conselho Regional de Psicologia por não se encaixarem no perfil desejado.

Quais concursos cobram o exame psicológico?

Normalmente, o exame psicológico é cobrado nos seguintes concursos:

  • Polícia Rodoviária Federal;
  • Polícia Federal;
  • Polícia Militar;
  • Polícia Civil;
  • Polícia do Senado;
  • Guarda Civil.